Cart

A segunda-feira é conhecida como o dia oficial de começar a dieta. Manter o foco em busca da medida certa, entretanto, não é fácil. Ainda mais quando a comida vira uma válvula de escape para situações desagradáveis. Quando se alimentar funciona como uma ajuda para lidar com problemas pessoais, o apetite é considerado por especialistas como “fome emocional”.

fome-emocional

 

A fome fisiológica é a necessidade real, mas para diminuir a sensação do desconforto emocional muitas pessoas buscam na comida algo para tentar minimizar  a situação ou compensar, passando a ser uma fome emocional.

A endorfina tem ação relaxante, e a serotonina atua no humor, principalmente. Algumas coisas estimulam esses neurotransmissores são : comida e exercício. Quanto maior a necessidade de aplacar o estresse, mais comida se ingere. Quando se dá conta, já buscou conforto na comida e deixou a opção de exercício para trás.

 

carbs-vs-exercise-weight-loss

Para tratar a compulsão alimentar, o ideal é que procure um psiquiatra e faça um acompanhamento psicológico.

 

fome-emocional-bemviver-web

Ou invés de atacar a geladeira na busca de uma compensão para o seu estresse, saia para caminhar, correr, pule uma corda, suba e desça a escada algumas vezes, se movimente … a sensação será muito melhor e muito mais saudável!

Cuide de você 😉

 

Beijos e até mais :*

 


Deixe uma resposta