Core e sua importância 

A palavra core vem do inglês que significa centro, núcleo. São os músculos profundos da região abdominal, lombar e pélvica que têm como finalidade manter a estabilidade dessa região. Ter o CORE fortalecido é essencial para um maior controle corporal, boa postura e para prevenir ou tratar lesões. Pessoas com essas regiões enfraquecidas têm mais chances de ter desvios posturais e lesões como hérnia de disco.

A musculatura do core é formada por 29 pares de músculos: bíceps femoral, transverso abdominal, multífidos, adutor, eretor da espinha, oblíquo interno e externo, íliopsoas, glúteo máximo e reto abdominal.

149 Leonardo e Odiléia _MG_8031

Como treinar o CORE?

São exercícios de instabilidade que exigem equilíbrio e coordenação e quanto mais instável, mais difícil fica. Esses exercícios podem ser feitos de forma isométrica (sem movimento articular).

No Pilates e/ou Treinamento Funcional se treina muito essa região com exercícios livres ou com a utilização de aparelhos específicos (como nos estúdios). Também se pode usar Fitball, Bosu, Balance Disc, TRX e elásticos.

Alongar essa região também é fundamental. Alongue a região lombar, posteriores de coxa, flexores do quadril, abdominal, oblíquos, adutores e abdutores. Ter um deles encurtado poderá causar desvios nos movimentos dos exercícios e desvios posturais.

CORE-Training

Benefícios de um CORE treinado

– Aumento do desenvolvimento de potência

– Aumento da eficiência e da estabilidade

– Melhora do equilíbrio

– Risco de lesão menor

– Melhora de adaptações neurais

trx-side-plank-630x210

 

Fica a dica, fortalece seu CORE. Inclua alguns exercícios nos seus treinos …

Até mais gente 🙂

 

 


Deixe uma resposta